A Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC, na sigla em inglês) da China disse que irá frear os investimentos feitos para aumentar a capacidade de aço e otimizar a atual estrutura da indústria siderúrgica chinesa.

A NDRC afirmou que seis regiões, incluindo as províncias de Shandong e Hebei, serão o foco de atuação do governo para remover o excesso de capacidade. Na primeira metade do ano, a capacidade utilizada dos setores industriais estava em 78%, no nível mais baixo desde o último trimestre de 2009, disse o NDRC, citando dados da Agência Nacional de Estatísticas. Fonte: Market News International.