O preço médio da cesta básica paulistana aumentou 0,81% na semana de 5 a 11 de junho, mostra pesquisa feita pelo Procon-SP em parceria com o Dieese. Nesse período, o valor médio pago pelos consumidores da capital paulista pelo conjunto dos 31 produtos básicos passou de R$ 437,84 para R$ 441,40. Com o resultado, a cesta básica acumula alta de 1,37% em junho até agora e de 7,02% nos últimos 12 meses.

Todos os três grandes grupos pesquisados apresentaram alta nos preços de 5 a 11 de junho. Segundo o levantamento, o maior aumento foi registrado nos produtos do grupo Limpeza (2,39%), seguido por Higiene Pessoal (1,36%) e Alimentação (0,57%). Dos 31 produtos pesquisados, 20 apresentaram alta de preços, enquanto 10 tiveram deflação. Apenas um produto permaneceu com o mesmo preço no período.

As maiores altas foram verificadas nos preços da batata (6,12%), desodorante spray (5,13%), sabonete (4,49%), sabão em pó (4,08%) e queijo muçarela fatiado (2,45%). Já os produtos cujos preços tiveram os maiores recuos foram: café em pó papel laminado (-2,96%), papel higiênico fino branco (-2,45%), macarrão (-2,11%), detergente líquido (-1,61%) e a dúzia de ovos brancos (-1,30%).