Montevidéu – O chanceler brasileiro Celso Amorim anunciou que a criação da Área de Livre Comércio das Américas (Alca) deve ser negociada com prudência, e destacou a importância da unidade do Mercosul em suas relações externas, ao término de uma visita de cinco horas ao Uruguai. Amorim, que veio de Assunção, encontrou-se com o colega uruguaio Guillermo Valles e com o presidente Jorge Batlle, a quem trasmitiu um convite de Lula, para visitar o Brasil.

No aeroporto de Carrasco, Amorim disse à imprensa que “o Mercosul deve ser algo que ajude realmente as economias”. “Falamos (com Batlle) sobre a importância de manter a unidade do Mercosul.” “Estamos todos de acordo que o mercado americano é muito importante, não só para o Uruguai mas também para o Brasil, e temos interesse em negociar, como parte da Alca, mas respeitando as necessidades e as complexidades de cada país”, disse.