Os funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) no Paraná decidiram ontem pela greve. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores nos Correios do Paraná (SintCom-PR),  nas assembléias que ocorreram em Curitiba, Cascavel, Francisco Beltrão, Maringá, Londrina, Foz do Iguaçu e Guarapuava, os funcionários rejeitaram a proposta salarial da ECT. Segundo o SintCom-PR, a partir de hoje não serão entregues correspondências. O sindicato afirmou também que vai organizar o movimento e fazer um levantamento nacional dos estados que aderiram à greve até hoje pela manhã.

A regional da ECT no Paraná acredita que a greve não deve ter grande adesão e informou que a população pode ficar tranqüila. Segundo a ECT, há um plano de contingência que vai garantir a logística necessária para que os serviços dos Correios continuem sendo fornecidos.