O presidente do Banco da Inglaterra (BoE), Mark Carney, afirmou que a decisão sobre a elevação da taxa básica de juros está se tornando mais razoável, alertando que isso pode acontecer antes do que os mercados esperam. A libra reagiu em alta às declarações de Carney e, às 17h39 (de Brasília), subia para US$ 1,6919, de US$ 1,6834 antes do discurso.

Durante jantar anual na Mansion House, na City de Londres, Carney também defendeu uma ação antecipada para lidar com os ricos para o mercado imobiliário britânico, mas disse que tais políticas macroprudenciais não substituem a política monetária. O começo do gradual aperto dos juros está ficando mais próximo, alertou.

“Já há grande especulação sobre o momento exato da primeira elevação dos juros e essa decisão está se tornando mais razoável (…) Isso pode acontecer mais cedo do que os mercados esperam atualmente”, acrescentou Carney.

A taxa básica de juros do BOE está na mínima histórica de 0,5% há cinco anos, mas a ata da última reunião de política monetária da instituição sinalizou que alguns membros do comitê veem argumentos para uma elevação e Carney endossou essa visão no discurso de hoje.

O mercado está precificando a primeira alta dos juros britânicos no primeiro semestre de 2015 e a maioria dos analistas prevê que isso aconteça em fevereiro ou maio. Fonte: Dow Jones Newswires.