Brasília – A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (12) a medida provisória que abre crédito extraordinário de R$ 5,2 bilhões para União. Os recursos se destinam à Caixa Econômica Federal (CEF) para financiar obras de saneamento básico e habitação no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

"A MP 347 do PAC fez uma preparação para a CEF estabelecer financiamento em áreas de habitação e saneamento básico. Mas, para que a preparação acontecesse, a Caixa precisaria de ter disponibilidade contábil de recursos e isso aconteceu com a edição da MP 365", explicou o relator da matéria, deputado Colbert Martins (PMDB-BA).

Segundo o relator, do ponto de vista contábil a Caixa dispõe dos recursos para financiamentos de obras de saneamento e habitação que estejam inseridas no PAC.

A medida provisória foi aprovada sem emendas e segue agora para apreciação dos senadores, onde já chega trancando a pauta de votações da Casa.