Brasília (ABr) – A nova presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Ramos Coelho, disse ontem, em seu discurso de posse, que ?a Caixa está mobilizada? para colaborar ?na ampliação dos investimentos em todas as esferas da economia e a reduzir a taxa de juros?. A cópia do discurso foi entregue aos jornalistas, que não participaram da cerimônia. Apenas fotógrafos e cinegrafistas tiveram acesso ao evento.

?Vamos continuar a oferecer taxas mais competitivas do mercado, sem descuidar um só momento dos programas sociais sob nossa gestão, especialmente o Bolsa Família, cujos resultados, na redução da pobreza e na melhoria das condições de vida de quase dez milhões de famílias, são hoje incontestáveis?, afirmou a nova presidente da Caixa.

De acordo com ela, é necessário ampliar a competitividade da instituição, melhorar seu desempenho, evoluir nas relações de trabalho e aprimorar a qualidade do atendimento aos clientes.

Graduada em jornalismo, Maria Fernanda Ramos Coelho tem especialização em finanças empresariais e gestão pública e mestrado em administração, métodos e técnicas. Cursa atualmente pós-graduação em Excelência Humana.

No banco, foi superintendente de Desenvolvimento e Estratégias Empresariais – onde cuidava do planejamento da empresa -, presidiu a diretoria executiva da instituição e foi membro do Comitê Estratégico de Captação e Aplicação e do Comitê de Ética da Caixa.

Ela assume a presidência no lugar de Jorge Mattoso, que pediu demissão após envolvimento em denúncia de quebra ilegal do sigilo bancário do caseiro Francenildo Santos Costa.