A Caixa Econômica Federal anuncia a marca de R$ 85,2 bilhões em contratações de crédito imobiliário até a primeira quinzena de agosto, montante 41,5% superior ao visto em igual intervalo de 2012, de R$ 60,2 bilhões. “Esse volume supera o total contratado em todo o ano de 2011, que foi de R$ 80,09 bilhões, e já representa quase 80% das contratações de 2012, que atingiram R$ 106,7 bilhões”, destaca o banco, em nota enviada à imprensa.

Para 2013, a expectativa da Caixa é o financiamento da casa própria ultrapasse o patamar de R$ 130 bilhões. Até a primeira quinzena de agosto, o banco assinou 1.145.744 contratos de habitação, equivalente a aplicação média diária de R$ 539,5 milhões por dia. Do total aplicado, R$ 50,06 bilhões foram destinados à aquisição de imóveis individuais (novos ou usados) e R$ 35,18 bilhões para financiamento à produção de empreendimentos habitacionais.

No Estado de São Paulo, foram contratados R$ 21,3 bilhões para o financiamento de imóveis até agosto deste ano. O diretor de habitação da Caixa, Teotonio Costa Rezende, destaca, em nota, que, desde 2009, ano de lançamento do Programa Minha Casa Minha Vida, a expansão dos financiamentos imobiliários foi “significativa”. “O crescimento significativo chega a mais de 2.000% se compararmos o período entre 2003 e 2012”, destaca ele.

Pelo programa, foram contratadas, em todo o País, desde 2009 até julho deste ano, mais de 2,8 milhões de unidades habitacionais. Desse total, quase 1,3 milhão já foram entregues aos beneficiários. A Caixa é líder em crédito imobiliário, com 69% do mercado. Em junho, a carteira da instituição atingiu saldo de R$ 238,5 bilhões, com alta de 34,6% nos últimos 12 meses.