O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) notificou a Temoinsa do Brasil sobre a realização de diligência na tarde da próxima sexta-feira, 19, dentro do processo administrativo que investiga o cartel de trens. O despacho informando sobre tal procedimento está presente em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) datado de sábado, 13, mas distribuído nesta segunda-feira, 15, junto com os demais cadernos do Diário Oficial de hoje. No sistema de pesquisas do Cade, o caso cita que esse processo envolve “representação em desfavor da Alstom Brasil Energia e Transporte Ltda. e outras”, com acesso aos dados restrito às representadas.

Entre as empresas representadas estão, conforme citado no Diário Oficial, além da Alstom, Balfour Beatty Rail Power Systems Brazil; Bombardier Transportation Brasil; CAF Brasil Indústria e Comércio; Caterpillar Brasil; Empresa Tejofran de Saneamento e Serviços; Hyundai-Rotem Co. Ltd.; IESA Projetos Equipamentos e Montagens; MGE Equipamentos e Serviços Ferroviários; Mitsui & Co. (Brasil) ; MPE – Montagens e Projetos Especiais; Procint – Projetos e Consultoria Internacional; Serveng- Civilsan – Empresas Associadas de Engenharia; Siemens Ltda.; TCBR Tecnologia e Consultoria Brasileira; Temoinsa do Brasil Ltda.; Trans Sistemas de Transportes, entre outras.