O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a venda da participação de 27,5% que a EcoRodovias tinha na ECO 101 para o consórcio Centaurus Participações, formado por Coimex Empreendimentos e Participações, Rio Novo Locações, A. Madeira Indústria e Comércio, Urbesa Administração e Participações, Tervap Pitanga Mineração e Pavimentação, Contek Engenharia e MMF Empreendimentos e Participações. A decisão está em despacho da Superintendência-Geral do órgão publicado nesta sexta-feira, 23, no Diário Oficial da União (DOU).

O valor do negócio soma R$ 20,625 milhões. Antes, a EcoRodovias tinha 80% do capital social da ECO 101 e passa agora a deter apenas 58%. A ECO 101 possui a concessão federal da Rodovia BR-101, que corta o Estado do Espírito Santo e segue até a Bahia.