O presidente Luiz Inácio Lula da Silva descartou, em entrevista à imprensa francesa, veiculada ontem, que o Brasil aspire ao ingresso na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). “O Brasil não quer ser um exportador de petróleo bruto. Queremos exportar derivados.” Ele disse que o País quer construir um grande parque petroquímico para refinar o óleo.

Ele defendeu a proposta de novo marco regulatório enviado ao Congresso para a exploração do petróleo. De acordo com Lula, a alteração do sistema de concessão para o de partilha, com a ampliação da presença do Estado, se deve ao fato de que não haveria riscos ligados à extração nos novos campos.

“Nós fazemos concessões quando há risco. Mas quando não há mais risco, o Estado deve assumir a responsabilidade.”