O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, confirmou hoje que o Brasil conseguiu limitar a importação de veículos mexicanos até 2015, dentro da revisão do regime automotivo bilateral. O anúncio oficial deve ser feito ainda hoje, no México, pelo ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, que se encontra na capital mexicana finalizando os termos do acordo com autoridades locais. “O México está abrindo mão de parte significativa das exportações”, disse Pimentel em Goiana, no interior do Pernambuco, onde participou de solenidade de lançamento das obras de uma fábrica de vidros planos para construção civil, moveleira e automotivo.

“Vai ficar muito razoável para os dois lados”, acrescentou, citando que as importações de veículos do México devem ficar em US$ 1,450 bilhão este ano, contra US$ 2,1 bilhões no ano passado. Segundo Pimentel, a única pendência que ainda está em negociação é o prazo para se atingir as cotas de conteúdo local.