enkontra.com
Fechar busca

Economia

economia

Bolsas da Europa fecham majoritariamente em alta à espera de BCE

  • Por Estadão Conteúdo

As principais bolsas europeias fecharam majoritariamente em alta nesta segunda-feira, 22. Investidores aguardam pela reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) nesta quinta-feira e também monitoram sinais de progresso nas negociações comerciais entre Estados Unidos e China. O índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou o primeiro pregão da semana em alta de 0,13%, a 387,74 pontos.

Em meio à desaceleração do crescimento na zona do euro, baixas expectativas de inflação e aumento das incertezas, aumentam as pressões sobre o BCE para que coloque em prática a acomodação monetária que vem sinalizando nas últimas semanas. Para analistas, é pouco provável que haja cortes de juros já na reunião desta semana, mas o banco central deve preparar o terreno para uma redução ainda este ano.

“Esperamos que o BCE ajuste sua diretriz sobre os juros para incluir a possibilidade de taxas menores”, avalia o economista Oliver Rakau, da Oxford Economics, que prevê um corte de 10 pontos-base na taxa de juros em setembro. O analista sugere também a possibilidade de retomada do programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês) para evitar a desancoragem das expectativas de inflação. “No entanto, diversos representantes do BCE já questionaram se devem confiar demais na queda das projeções de inflação do mercado”, ressalta.

Além disso, o jornal de Hong Kong South China Morning Post informou que o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, e o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, devem voltar à China na semana que vem para a primeira rodada de negociações desde o encontro do G20. A notícia ainda não foi confirmada pelo governo americano, mas contribui para renovar as esperanças do mercado pela retomada das tratativas comerciais entre as duas potências econômicas mundiais.

Investidores também esperam pela divulgação, nesta semana, do índice de confiança do consumidor e dos índices de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) na zona do euro.

Em Londres, o índice FTSE 100 fechou com ligeiro ganho de 0,08%, aos 7.514,93 pontos. Foi feito o anúncio da criação de uma joint venture das empresas BP (+1,02%) e Bunge (+2,11%) para explorar bioenergia e açúcar no Brasil. O noticiário do Reino Unido repercutiu também a escalada de tensões com o Irã após a apreensão de um petroleiro britânico pelo país persa, e as expectativas para o próximo primeiro-ministro britânico, cujo nome deve ser anunciado nesta terça. O ex-prefeito de Londres e ex-secretário de Assuntos Externos Boris Johnson é favorito absoluto.

Na bolsa de Frankfurt, o índice DAX avançou 0,24% para 12.289,40 pontos. O pregão alemão opera no aguardo de importantes indicadores econômicos que serão divulgados nesta semana, como os PMIs industrial e de serviços e índice ifo de condições empresariais.

O índice CAC 40, da bolsa de Paris, ganhou 0,26%, a 5.567,02 pontos, enquanto o índice FTSE MIB, da bolsa de Milão, fechou em alta de 0,44%, a 21.735,70 pontos.

No pregão de Madri, o índice Ibex 35 recuou 0,08% para 9.163,50 pontos, com três dos maiores bancos da Espanha, Bankia (-4,05%), Bankinter (-3,90%) e Banco de Sabadell (-3,70%) liderando perdas no Stoxx 600. Já a bolsa de Lisboa registrou baixa de 0,40% do índice PSI 20, a 5.181,38 pontos.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas