A Bolsa de Buenos Aires desabou e o dólar paralelo na Argentina retrocedeu nesta sessão, em reação à renúncia do presidente do banco central do país, Juan Carlos Fábrega, confirmada ontem.

O índice Merval fechou em queda de 7,06%, aos 10.703,32 pontos, após ter recuado mais de 8% ontem. No mercado informal de câmbio, o dólar baixou para 15,58 pesos, de 15,65 pesos ontem, de acordo com o argentino Clarín.

A notícia da renúncia de Fábrega foi confirmada no início da noite de ontem, mas rumores de sua saída já circulavam no mercado. Um dia antes, a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, acusou funcionários do BC de ajudarem bancos locais a especularem contra o peso, na tentativa de forçar o governo a promover uma desvalorização da moeda. A acusação foi feita em discurso transmitido pela televisão.(Francine De Lorenzo – francine.delorenzo@estadao.com)