O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Bradesco firmaram contrato de financiamento à exportação para mercados na África e na América Latina, de bens de capital fabricados no Brasil. Os empréstimos, no âmbito do BNDES Exim Automático, serão repassados por agências internacionais do Bradesco. O valor da linha é de até US$ 200 milhões.

A linha BNDES Exim Automático foi criada no final de 2010. Segundo o BNDES, a linha opera com “a concessão de limites de crédito para bancos no exterior, que fomentam as operações com seus clientes locais e assumem o risco de crédito perante o BNDES. Os desembolsos são feitos ao exportador, no Brasil, após o embarque, à vista e em reais”. O crédito tem prazo de pagamento de até cinco anos.

Ainda de acordo com o BNDES, 30 bancos já obtiveram limites de crédito na linha BNDES Exim Automático, totalizando US$ 1,4 bilhão. Máquinas e implementos agrícolas, máquinas e ferramentas industriais, ônibus e caminhões, máquinas rodoviárias, geradores, transformadores e equipamentos de telecomunicação de fabricação nacional estão entre os produtos exportados.