A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, avaliou o mais recente pacote de estímulos monetários, anunciado na última quinta-feira pelo Banco Central do Japão (BoJ), como uma medida bem-vinda para incentivar o crescimento econômico global. Lagarde, no entanto, considerou que a forte expansão do crédito contribuiu para a acumulação de desequilíbrios financeiros e para o aumento dos preços dos ativos no mundo. “Os bancos centrais devem considerar um plano para eventualmente retirar o apoio monetário”, afirmou.

Durante fórum realizado na cidade de Boao, na província chinesa de Hainan, Lagarde também considerou que há um limite de tempo durante o qual políticas de afrouxamento monetário podem sustentar a parte mais difícil do impulso à economia global. As informações são da Dow Jones.