A caderneta de poupança registrou em junho captação líquida positiva, depois de no mês anterior ter contabilizado saldo positivo de R$ 2,270 bilhões. Os depósitos feitos no mês passado superaram os resgates em R$ 3,223 bilhões. Apesar de positivo, o número é 65,89% menor que o saldo registrado em igual mês do ano passado (+R$ 9,451 bilhões).

Os depósitos, no mês passado, somaram R$ 130,630 bilhões, enquanto os saques totalizaram R$ 127,406 bilhões. Com o resultado do mês passado, que inclui ainda R$ 3,420 bilhões de rendimentos creditados, o saldo total da poupança chegou a R$ 626,970 bilhões, ante R$ 620,326 bilhões em maio.