O fluxo cambial no acumulado de janeiro até o último dia 3 de junho foi positivo em US$ 42,650 bilhões, um volume quase seis vezes superior aos US$ 7,376 bilhões verificados em igual período do ano passado, de acordo com dados divulgados hoje pelo Banco Central (BC). O fluxo financeiro em 2011 acumula superávit de US$ 28,023 bilhões, ante os US$ 5,471 bilhões de saldo positivo em igual período de 2010. As entradas no financeiro neste ano somaram US$ 182,588 bilhões e as saídas, US$ 154,564 bilhões.

Na conta comercial, o saldo positivo no acumulado do ano é de US$ 14,626 bilhões, ante US$ 1,905 bilhão de igual período de 2010. As exportações foram de US$ 95,821 bilhões e as importações, de US$ 81,195 bilhões.

Somente na semana passada (de 31 de maio a 3 de junho), o fluxo cambial foi negativo em US$ 109,8 milhões, de acordo com o BC. No período, o fluxo financeiro foi negativo em US$ 1,10 bilhão (resultado de entradas de US$ 6,60 bilhões e saídas de US$ 7,70 bilhões), enquanto o fluxo comercial foi positivo em US$ 991 milhões – resultado de exportações de US$ 4,61 bilhões e importações de US$ 3,62 bilhões.