O Banco Central da Indonésia decidiu hoje cortar suas taxas de juros pela segunda vez este ano, numa tentativa de dar sustentação à economia do país e aproveitar a maior demanda por ativos de mercados emergentes.

O BC indonésio reduziu sua principal taxa de juros, conhecida como BI, em 0,25 porcentual, a 7,0%, para ajudar o governo a cumprir sua meta de crescimento econômico este ano, que é de 5,3%. A instituição também cortou em 0,25 ponto as taxas para concessão de crédito, a 7,50%, e para depósitos, a 5,0%.

A decisão veio em linha com a expectativa de dez de 13 economistas consultados pelo Wall Street Journal, que previram corte de juros.

A moeda indonésia, a rupia, acumula valorização de mais de 2% desde o começo do ano, com o segundo melhor desempenho na região asiática depois do ringgit malaio. Apenas neste mês, investidores estrangeiros já investiram mais de US$ 1 bilhão em ativos denominados em rupias. Fonte: Dow Jones Newswires.