O Banco do Brasil já emprestou até agora R$ 528,7 milhões para a compra de material de construção. O montante foi liberado por meio da linha FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador)-material de construção. Balanço divulgado pelo banco mostra que o FAT-material de construção realizou 221.930 contratações de crédito até agora.

O saldo em carteira (valor das operações em curso) atual desta linha de crédito é de R$ 439,4 milhões. O FAT-material de construção é destinado a quem pretende construir ou reformar o imóvel em área urbana.

O BB oferece até R$ 10 mil por cliente, de acordo com o limite de crédito pré-aprovado, para pagamento em até 24 meses a uma taxa de juros mensal de 1,98%.

Para contratar a linha de crédito é preciso solicitar o financiamento diretamente nos terminais das lojas de material de construção, onde o cliente usa seu cartão da bandeira Visa na função débito e faz a opção pelo financiamento.

Diretoria para micros

O Banco do Brasil anunciou ontem a criação de uma diretoria exclusiva para relacionamento com as micros e pequenas empresas. Com essa medida, a instituição pretende consolidar sua atuação na concessão de crédito para este segmento da economia.

A carteira de micros e pequenas empresas do BB possui mais de 1,2 milhão de empresas, que são hoje atendidas por 4 mil gerentes de contas especializados em pessoas jurídicas.

Até o final de abril, o total de crédito disponibilizado pelo BB para o setor era de R$ 14,3 bilhões, sendo R$ 11,7 bilhões em capital de giro, R$ 2,2 bilhões em operações de financiamentos para projetos de investimentos e R$ 532 milhões em crédito para exportação.

A meta da instituição é fechar o ano com a concessão de R$ 18,2 bilhões em crédito para as micros e pequenas empresas, um aumento de 40% em relação ao ano passado.