O indicador de nível de atividade (INA) da indústria de São Paulo apurado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) registrou alta de 2,4% em dezembro ante novembro, na série com ajuste sazonal. Se analisado sem ajuste sazonal, apresentou uma queda de 7,6%.

De acordo com a Fiesp, o INA registrou uma redução de 8,5% em 2009 ante 2008, o que foi um reflexo da desaceleração da atividade econômica brasileira, motivada pela crise financeira global. No final do ano passado, porém, o setor manufatureiro paulista já apresentava um desempenho melhor, tanto que o INA subiu 21,2% em dezembro de 2009 ante o mesmo mês de 2008 (sem ajuste).

A Fiesp também divulgou que, em novembro, o INA apresentou uma alta de 1,3% em relação a outubro, com ajuste sazonal, mas registrou uma diminuição de 3,1% na série sem ajuste. Em novembro de 2009, o indicador apresentou uma alta de 1% na comparação com o mesmo mês de 2008.

Sensor

A pesquisa Sensor realizada pela Fiesp apurou a marca de 53,9 pontos em janeiro, patamar superior aos 50,7 pontos auferidos em dezembro do ano passado. O indicador é composto por cinco itens: mercado, vendas, estoque, emprego e investimento.

Neste mês, o indicador mercado atingiu 57 pontos, nível superior aos 51,6 pontos exibidos em dezembro de 2009. O item vendas registrou 52,1 pontos no primeiro mês de 2010 ante 45,2 pontos nos últimos 31 dias de 2009. Os estoques ficaram praticamente estáveis, pois apresentaram a marca de 50,6 pontos em janeiro ante 50,5 pontos um mês antes. O item emprego subiu de forma expressiva no período, passando de 50,9 pontos para 57,1 pontos. O único item a apresentar queda foi investimentos, ao cair de 56 pontos em dezembro para 52,8 pontos em janeiro.