A arrecadação de impostos e contribuições federais em fevereiro foi recorde para o mês e totalizou R$ 64,139 bilhões. O valor representa um crescimento real pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 9,84% em relação a fevereiro de 2010. O resultado do mês passado, no entanto, é 30,13% menor que a arrecadação de janeiro, que somou R$ 91,071 bilhões.

A arrecadação em fevereiro ficou dentro das previsões de 14 instituições consultadas pela Agência Estado, que apontaram um valor de R$ 60,300 bilhões a R$ 70,500 bilhões, intervalo que gerou uma mediana de R$ 63,600 bilhões.

No acumulado do primeiro bimestre de 2011, a arrecadação totalizou R$ 155,210 bilhões, com alta real de 13,01% em relação ao primeiro bimestre de 2010.

As receitas administradas pela Secretaria da Receita Federal somaram R$ 62,810 bilhões em fevereiro, registrando um crescimento de 10,55% ante fevereiro de 2010. No acumulado do primeiro bimestre deste ano, as receitas administradas somaram R$ 149,995 bilhões, alta de 14,03% em relação ao primeiro bimestre do ano passado.