A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realiza nesta quinta-feira, 15, às 10 horas, o 18º Leilão de Ajuste, no qual devem ser formalizados contratos de três e seis meses de duração. O leilão visa a reduzir a exposição das distribuidoras de energia ao mercado de curto prazo, cujos valores são lastreados pelo preço de liquidação das diferenças (PLD), que é o teto para o preço da energia.

Para tanto, a Aneel estabeleceu o valor máximo da energia a ser negociada no leilão justamente no teto do PLD, ou seja, em R$ 388,48/MWh. O preço é válido para os contratos nas regiões Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Nordeste. No caso da região Norte, ficou estabelecido o valor de R$ 364,88/MWh para contratos de três meses e R$ 319,52 o MWh para os contratos de seis meses. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.