A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje a Sociedade de Propósito Específico (SPE) que vai construir e operar a usina hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA). A Agência aprovou todos os novos sócios, chamados de sócios estratégicos, que aderiram ao projeto após o leilão.

São eles: a Eletrobras, com 15%; a Eletronorte, com 19,98%; a Petros, com 10%; a Funcef, com 2,5%; Bolzano Participações, que é uma sociedade entre Previ e Iberdrola, com 10%; J.Malucelli Energia, com 0,25%; Caixa Fi Cevix, 5%, parceria entre Funcef e Engevix; construtora OAS, com 2,51%; e Sinobras, com 1%.