Brasília – O boletim semanal Focus, divulgado ontem pelo Banco Central e que contém projeções das instituições financeiras para diversos indicadores da economia, aponta uma pequena alteração na previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2007. A projeção passou de 3,50% para 3,51%, após 30 semanas consecutivas de estabilidade.

O aumento pode ter sido provocado pela modificação na metodologia de cálculo do PIB usado pelo IBGE. Na semana passada o IBGE revisou o crescimento do PIB de 2006 de 2,9% para 3,7%.

Para 2008, as projeções de crescimento do PIB subiram de 3,55% para 3,60%. Esta foi a segunda elevação seguida dessas previsões que estavam em 3,50% há quatro semanas.

Inflação

Segundo o Focus a inflação deste ano, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deve ficar em 3,86%. Na semana passada, a projeção do mercado para a inflação era de 3,87%.

A previsão de aumento dos preços administrados para este ano caíram de 3,70% para 3,65%. Para 2008, as projeções de alta dos preços administrados não mudaram e prosseguiram em 4%.

Juro básico

O mercado financeiro vê a taxa Selic (juro básico da economia brasileira) em 11,5% ao ano no final de 2007, de acordo com o boletim Focus. Para o final de 2008, as projeções de juros continuaram estáveis em 10,5% ao ano.