As companhias aéreas brasileiras registraram crescimento de 29,93% no fluxo de passageiros transportados no País em setembro, em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados hoje pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A taxa média de ocupação dos aviões ficou em 66,43%, o que representa um aumento de 5,14 pontos porcentuais ante a taxa de 61,29% de setembro do ano passado.

A TAM respondeu em agosto por 44,15% do mercado, abaixo dos 52,81% indicados um ano antes, e taxa de ocupação de 65,40%, maior que 64,64% em setembro do ano passado. O grupo Gol/Varig, por sua vez, registrou uma participação de 41,85% do mercado, superior aos 39,88% de setembro de 2008. A taxa de ocupação (ou load factor, em inglês) foi de 67,16%, maior que 56,50% um ano antes. A WebJet aparece com 4,78% do mercado e taxa de ocupação de 66,43%, seguida pela Azul Linhas Aéreas, com 4,68% do mercado e load factor de 80,43% em setembro.

Voos internacionais

A demanda por voos internacionais operados por companhias brasileiras cresceu 8,15% em setembro, em comparação com o mesmo período de 2008, informou a Anac. A taxa de ocupação no mês passado, da ordem de 73,81%, ficou abaixo dos 75,6% registrados em período correspondente do ano passado.

Nos voos destinados a outros países, a TAM lidera com 87,26% em setembro, contra 82,08% um ano antes. A Gol/Varig, por sua vez, ficou com 12,63% deste mercado, abaixo dos 17,59% de presença que detinha em setembro de 2008.