enkontra.com
Fechar busca

Economia

Inteligência e Segurança

‘Amigo particular’ de Bolsonaro, que trabalha em Curitiba, é indicado gerente na Petrobrás

  • Por Estadão Conteúdo
Foto: Agência Brasil

Um capitão-tenente da reserva da Marinha classificado como “amigo particular” do presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi indicado na quinta, 10, para assumir a gerência executiva de Inteligência e Segurança Corporativa da Petrobrás. Carlos Victor Guerra Nagem é funcionário da estatal há 11 anos e atualmente trabalha em Curitiba.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Desde que ingressou na Petrobrás, Nagem se licenciou em duas ocasiões, para disputar as eleições de 2002 e de 2016, usando a alcunha de Capitão Victor e filiado ao PSC (partido que Bolsonaro integrou e pelo qual o atual presidente foi eleito deputado federal em 2014).

Na primeira, Capitão Victor tentou se eleger deputado federal pelo Paraná; na segunda disputou uma cadeira de vereador em Curitiba. Nas duas foi derrotado. Em 2016, Bolsonaro gravou um vídeo em que pede votos para o candidato que classificou como “meu amigo particular”: “É um homem, um cidadão que conheço há quase 30 anos. Um homem de respeito, que vai estar à disposição de vocês na Câmara lutando pelos valores familiares. E quem sabe no futuro tendo mais uma opção para nos acompanhar até Brasília”, afirma o atual presidente no vídeo de 2016. “Todos nós ganharemos”, continua Bolsonaro.

Na campanha, um dos slogans do Capitão Victor afirma que “Bolsonaro (o) indicou”.

Experiência

Em nota, a Petrobrás confirmou a indicação e afirmou que o nome ainda “será submetido aos procedimentos internos de governança corporativa”. Segundo a estatal, Nagem é graduado em Administração pela Escola Naval e há seis anos atua na área de Segurança Corporativa da Petrobrás. A empresa afirma ainda que o indicado possui mestrado em Administração pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e tem dez anos de experiência como professor no ensino superior.

Na quinta, às 23h, Bolsonaro divulgou no Twitter a indicação. “A seguir, o currículo do novo gerente executivo de Inteligência e Segurança da Petrobrás, mesmo que muitos não gostem, estamos no caminho certo”, escreveu no post.

De acordo com o site O Antagonista, o anúncio foi feito por videoconferência para os funcionários na quinta. O salário dele na empresa, segundo o site, passará de R$ 15 mil mensais para mais de R$ 50 mil.

Capitão Victor vai substituir Regina de Luca, indicada pelo ex-presidente da Petrobrás Pedro Parente. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Em vídeo, Moro é abordado em supermercado: ‘Por que o Queiroz não é a pauta?’

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

8 Comentários em "‘Amigo particular’ de Bolsonaro, que trabalha em Curitiba, é indicado gerente na Petrobrás"


INOCENCIO Nunes
INOCENCIO Nunes
2 meses 11 dias atrás

Pela primeira vez né história, a mídia quer saber e divulgar quem vai estar nos cargos comissionados.
A mídia só permite e não divulga se o assaltante tiver no mínimo 5 processos por corrupção.
Oposição VELHACA….

Dr. Petchúgas
Dr. Petchúgas
2 meses 11 dias atrás

Engraçado a mídia e a peterada! Lula, Dilma, Temer, FHC, Sarney, Collor, Itamar nomearam a cupinchada ninguém falava nada. Cada nomeação do Bolsonaro, Oh… os “cumpanhêro vão ter que pegar a enxada”! Que nem essa petêra Mariana aí abaixo! Queria manter os esquerdinhas mamando nos cargos? É isso ?

Cláudio
Cláudio
2 meses 11 dias atrás

Pois é.
É que na verdade tínhamos a esperança que esse comportamento tivesse acabado.

INOCENCIO Nunes
INOCENCIO Nunes
2 meses 11 dias atrás

Quem vc nomearia? Um inimigo?

Bolsonaro não pode nomear pessoas capacitadas e dentro da lei..
Só inimigos e estocadores de vento ???

Mário
Mário
2 meses 11 dias atrás

O currículo do capitão – tenente da marinha e muito bom . Além de ser funcionário de carreira da Petrobras .

Carlos Gomes
Carlos Gomes
2 meses 11 dias atrás

Bom se for um profissional com plena capacidade está certinho, desconhecido ou inimigo (principalmente esquerdistas) é que ele não iria colocar num cargo assim. É lindo ver que a todo passo do novo governo mídia tá em cima. Brasil acima de tudo, Deus acima de todos.

Mário
Mário
2 meses 11 dias atrás

Melhor que Dilma na pasta de minas e energia será
Capitão-tenente da marinha , na reserva e funcionário da estatal há 11 anos .

Muitos dos ministros do bolso , são mais inteligentes que o msmo

Cláudio
Cláudio
2 meses 11 dias atrás

Não tenha dúvida.

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas