O Ministério da Fazenda foi invadido nesta manhã por integrantes da Federação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar (Fetraf), filiada à Central Única dos Trabalhadores (CUT). Cerca de 500 pessoas, segundo os coordenadores do movimento, participam da invasão. Mas segundo policiais o número chega a 150 pessoas.

A Fetraf quer audiências com o governo para discutir o socorro às vítimas das secas nas regiões Sul e Nordeste do País; uma política mais eficiente para o abastecimento de água na região do semiárido e reestruturação do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf).

Para a ocupação do Ministério, os manifestantes renderam os seguranças do prédio, por volta das 6 horas, e quebraram o vidro da porta principal com pedras e tijolos.