enkontra.com
Fechar busca

Economia

Agricultor ganha aposta com a ajuda de Lula

  • Por Agência Estado

Ponta Porã – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ajudou ontem o agricultor Irineu de Paula a ganhar 500 reais, durante a festa do início da colheita de grãos dos assentados na Fazenda Itamarati, em Ponta Porã, quase na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. Eleitor do ex-senador José Serra (PSDB-SP), Paula apostou com um amigo que faria Lula dirigir a máquina colheitadeira, o que aconteceu, mas, depois de uma “pequena ameaça”.

“Eu falei para ele (Lula) que, se ele não dirigisse a máquina, eu perderia a aposta e ele é quem iria pagá-la”, contou. “Aí, o presidente disse que preferia dirigir.” O presidente pilotou a máquina por 600 metros, colhendo em torno de 50 sacas de milho, que foram depositados num caminhão que recolhia grãos para o programa Fome Zero.

Além de garantir os 500 reais, o agricultor conversou com Lula em todo o percurso da colheita, acompanhado pelo governador José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, e o prefeito de Ponta Porã, Vagner Piantoni (PT).

Apesar da segurança reforçada, o presidente parecia à vontade diante de 5 mil assentados, muitas entidades sociais ligadas ao PT, como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a Central Única dos Trabalhadores (CUT). Com Zeca do PT, fez brincadeiras, simulando um tapa na cabeça dele. Lula recebeu cestas de alimentos e doações para o Fome Zero – 15 toneladas de milho dos agricultores da Fazenda Itamarati e 3 toneladas de chá-mate doados por uma associação de produtores. Ele ainda prometeu fazer chegar energia elétrica ao assentamento.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas