enkontra.com
Fechar busca

Economia

Ações por falta de pagamento de aluguel recuam 0,7% em julho

O número de ações por falta de pagamento de aluguel na cidade de São Paulo teve queda de 0,7% em julho frente o mesmo mês do ano passado, segundo levantamento divulgado hoje pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação). Na comparação com junho, no entanto, houve alta de 12,9%.

Foram ajuizadas no Fórum de São Paulo 1.809 ações, ante as 1.822 de julho de 2011 e as 1.602 de junho deste ano. No acumulado do ano, foram protocoladas 12.409 ações locatícias, um crescimento de 9,4% em relação às 11.340 ocorrências do mesmo período de 2011.

Roberto Akazawa, gerente do Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP, afirma que o aumento no sétimo mês do ano decorre da elevação dos casos de ações por falta de pagamento. Elas passaram de 1.297, em junho último, para 1.496 em julho, uma alta de 15,3%.

Em julho, as ações por falta de pagamento continuaram respondendo pela maior parte dos processos relativos a aluguel, tendo sido responsáveis por 82,7% de todas as ocorrências.

As ações ordinárias (relativa à retomada de imóvel), com 215 casos, foram responsáveis por 11,9% do total (redução de 0,5% sobre as 216 ações protocoladas em junho). Já as ações renovatórias, com 86 casos, representaram 4,8% do total e as consignatórias, 0,7% (12 ações).

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas