Dunga decide hoje entre Ronaldinho Gaúcho e Kaká qual dos dois será titular amanhã contra o Equador, em Estocolmo. No amistoso contra o combinado do Kuwait, sábado, Ronaldinho saiu jogando e, mais uma vez, foi muito mal. Kaká, que entrou na segunda etapa no lugar do gaúcho, deu novo alento à Seleção e ainda fez um gol.

Em Estocolmo, ontem, Dunga repetiu que não pensa em nomes, mas no sentido coletivo da Seleção. Ele não antecipou a escalação do Brasil para o amistoso contra os equatorianos.

?Fiz as minhas observações (contra o Kuwait)e em cima das conclusões vou escalar o time que enfrentará o Equador, sempre pensando no benefício do coletivo?, afirmou o treinador.

A hipótese de Ronaldinho Gaúcho e Kaká iniciarem o jogo não pode ser descartada. Mas, levados em consideração os critérios que Dunga usou nos últimos amistosos, é quase certo que um deles ficará no banco amanhã.

Nos quatro jogos sob o comando de Dunga, em três Kaká começou na reserva. Ronaldinho Gaúcho saiu jogando em dois. Parâmetros para fazer a sua opção, o treinador tem de sobra. E nome, parece, não conta para o novo técnico da Seleção.

?Contra o Kuwait, pude observar o maior número de jogadores possível. Não adianta convocar o atleta somente pela sua qualidade. Ele tem de mostrar em campo que tem condições de jogar na equipe .

Na disputa por uma das vagas no meio-de-campo, o técnico também não esconde de ninguém a sua preferência pelo meia Elano.

O Brasil deve começar o amistoso com Gomes, Maicon, Lúcio, Juan e Marcelo; Mineiro, Gilberto Silva, Elano e Kaká ou Ronaldinho Gaúcho; Robinho e Fred. Dunga pode confirmar esse time no treinamento de hoje à tarde no Estádio Rassunda.

Ontem, os jogadores participaram de um treino leve em Estocolmo. Na saída do Grande Hotel, muitos fãs da Seleção assediaram os pentacampeões. A polícia sueca teve de isolar a área com grades de proteção.