O Palácio do Planalto divulgou há pouco carta recebida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no final da semana passada, do presidente da Argentina, Eduardo Duhalde, em agradecimento pelo apoio brasileiro durante as negociações que possibilitaram ao país vizinho firmar acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI). “Tenho o prazer de dirigir-me ao presidente e amigo para expressar-lhe meu mais profundo agradecimento pelo decisivo apoio dado pelo Brasil nas negociações que conduziram a assinatura do recente acordo da Argentina com o FMI. Se encerra assim uma etapa nos esforços que o governo do meu país vem realizado para reconstruir a sua economia e recuperar a credibilidade e a confiança internacionais”, afirma Duhalde.

O presidente argentino diz ainda que jamais esquecerá as manifestações de apoio realizadas pelo governo Lula e por seu antecessor, Fernando Henrique Cardoso, e qualifica o Brasil como um país amigo, “que se fez presente para dar apoio e solidariedade nos momentos em que enfrentamos a pior crise econômica da nossa história”. Duhalde lembra que deixará a Presidência no próximo dia 25 de maio e ressalta a importância do Brasil manter o apoio à Argentina seja qual for o novo comandante do país vizinho.