O dólar comercial abriu o dia em alta de 0,32%, cotado a R$ 2 188 nas primeiras operações fechadas hoje no mercado interbancário. O fluxo de recursos, o cenário externo e o noticiário doméstico, não necessariamente nessa ordem de importância, são as variáveis que devem determinar o rumo das cotações do dólar perante o real nesta manhã. Ontem o dia foi de queda, com a taxa de câmbio fechando a R$ 2,18 na Bolsa de Mercadorias & Futuros e a R$ 2,181 no interbancário, apesar de o Banco Central ter feito uma compra estimada entre US$ 550 milhões e US$ 600 milhões em seu leilão no mercado à vista.

Como é início de mês, o mercado prevê forte atuação de exportadores, o que deve garantir um saldo cambial positivo. Além disso, há as estimativas para entradas financeiras que hoje podem até ser reforçadas, dependendo do resultado da operação de troca de títulos da dívida externa.