Brasília – A dívida externa brasileira atingiu, em setembro, US$ 183,151 bilhões, segundo divulgou hoje (19) o Banco Central. Foi o menor valor desde dezembro de 1996, quando a dívida chegou a US$ 179,9 bilhões.

O país deverá encerrar o ano com um montante ainda menor em sua dívida, uma vez que na semana passada o governo anunciou a antecipação de tudo o que resta a pagar do empréstimo feito junto ao Fundo Monetário Internacional (FMI), no valor de US$ 15,5 bilhões. Em dezembro do ano passado, a dívida somava US$ 201,3 bilhões.

As reservas do Banco Central somavam US$ 67.887 milhões até o último 16. Em novembro eram de US$ 64,277 bilhões, US$ 4 bilhões a mais do que o mês de outubro. Descontando o pagamento de US$ 15,5 bilhões que será feito ao Fundo Monetário Internacional (FMI), quitando assim a dívida brasileira com o fundo, as reservas somam US$ 50,823 bilhões.