Diego Hypólito terminou o primeiro dia das eliminatórias da etapa de Cottbus da Copa do Mundo de Ginástica com a maior pontuação no solo e no salto. Atual campeão mundial no solo, o brasileiro teve nota 15,600, à frente do japonês Takuya Nakase (15,300) e do chileno Tomas Gonzalez (14,900).

O romeno Marian Dragulescu, ouro no solo na etapa de Lyon, quando Diego foi prata, decidiu não competir em Cottbus. A final do solo será neste sábado (com SporTV, a partir das 9 horas, de Brasília). "Busco o equilíbrio entre uma nota de partida mais alta e uma boa execução, pois o grau de dificuldade da minha série aumentou", disse o brasileiro.

No salto, o brasileiro teve nota 16,100, seguido pelo húngaro Robert Gal (16,050) e o alemão Fabian Hambünchen (16 000). A final será no domingo (SporTV, a partir das 8 horas). "Nas eliminatórias pude avaliar a nota de partida dos rivais e vi que não precisaria alterar o segundo salto. Mas na final posso fazer alguma mudança para aumentar minha nota", contou.

Laís Souza está nas finais do salto, trave e solo – foi a quarta nas eliminatórias dos três aparelhos. Laís tirou nota 14,400 no solo – a melhor foi Oksana Chousouvitina (14,700). Na trave, ficou com 14,600 e a nota mais alta foi da norte-americana Jana Bieger (15.250). E no solo, a russa Irina Iseava foi superior (14,350) – Laís tirou 13,800.