O goleiro brasileiro Dida, titular em sua posição no Milan, sofreu uma lesão nos ligamentos do ombro direito e deve ficar afastado entre três e quatro semanas, segundo a imprensa italiana. Ele sentiu dores durante o jogo contra a Roma, na quarta-feira, e então o problema foi detectado.

Dida, de 33 anos, havia voltado de outra lesão no dia 18 de janeiro, após longa recuperação de uma lesão na perna direita. Seu substituto no Milan será Marco Storari, goleiro contratado recentemente pelo time.

Presente em três Mundiais e titular da seleção brasileira na Copa do Mundo da Alemanha, em 2006, Dida entrou em contato com a comissão técnica do Brasil, em outubro, para informar sua intenção de não mais defender a seleção.