O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran/PR) implanta na segunda-feira (05), em Pato Branco, Palmas, Chopinzinho, Coronel Vivida, Clevelândia e Mangueirinha, o novo sistema de habilitação que traz a obrigatoriedade do curso de atualização de Primeiros Socorros e Direção Defensiva para renovar a carteira de habilitação. A exigência do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), por meio das Resoluções n.º 168/169, vale para os motoristas habilitados antes de 1998.

A implantação do sistema no Paraná está sendo feita de forma gradual e a previsão é de que seja finalizada ainda no primeiro semestre. Por enquanto, o novo sistema opera em 30 das 99 Ciretrans do Estado, inclusive na capital.

Com o novo sistema, o motorista que precisar renovar a habilitação terá que optar por freqüentar 15 horas de aula num Centro de Formação de Condutores autorizado pelo Detran para oferecer o curso ou agendar a prova com 30 questões. A prova é gratuita e pode ser feita até duas vezes. O candidato que não atingir 70% de acerto nessas duas tentativas terá que fazer o curso presencial.

Quem optar por realizar a prova pode já estudar com as apostilas do Denatran, disponíveis para download no site do Detran/PR (www.pr.gov.br/detran). O condutor que não tem acesso à internet pode adquirir as cartilhas impressas no Detran, pagando uma taxa de R$ 7,41 por cada apostila.

Os motoristas habilitados antes 1998, mas que passaram pelo curso de reciclagem para condutores infratores do Detran, estão automaticamente dispensados, assim como os motoristas que possuem cursos especializados de transporte de produtos perigosos, emergência ou escolar, por exemplo.