A taxa de desemprego apurada pelo IBGE nas seis principais regiões metropolitanas do País caiu para 9,5% em novembro, ante 9,8% em outubro. A taxa ficou dentro das estimativas dos analistas ouvidos pela Agência Estado (9,4% a 9,9%). A taxa do mês passado foi a menor apurada desde novembro de 2005, quando foi de 9,6%.

O número de ocupados nas seis regiões totalizou 20,73 milhões de pessoas, com aumento de 0,3% ante outubro e de 3% perante novembro de 2005. A população desocupada somou 2,18 milhões em novembro com queda de 2,6% ante outubro e aumento de 2,5% ante novembro do ano passado.

O rendimento médio real dos ocupados ficou em R$ 1.056,60, com aumento de 0,6% ante outubro e de 5,7% ante novembro de 2005.