Rio – O desemprego no Brasil atingiu em abril deste ano 13,1% população economicamente ativa. A maior taxa desde outubro de 2001, quando teve início a nova metodologia da Pesquisa Mensal de Emprego do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em março, a taxa chegou a 12,8% e, em abril de 2003, foi de 12,4%.

Segundo a pesquisa do IBGE divulgada hoje, em abril havia 2,8 milhões de pessoas procurando trabalho nas seis maiores regiões metropolitanas do país, 220 mil a mais do que no mesmo período do ano passado. Para o IBGE, o aumento do desemprego nesta época do ano já era esperado porque a economia ainda não se aqueceu, enquanto que para o segundo semestre a tendência é de queda na taxa de desemprego.

Ainda de acordo com a pesquisa, o rendimento médio real dos trabalhadores em abril caiu 0,9% em relação a março e 3,5% em relação a abril do ano passado.