O vereador João Cláudio Derosso (PSDB) foi reconduzido ao sexto mandato na presidência da Câmara Municipal de Curitiba, encabeçando todos os trabalhos legislativos da Mesa e  Comissão Executiva. A eleição teve início na manhã desta  terça-feira (21), em sessão especialmente convocada para renovação da Mesa,  que trabalhará no biênio 2007/2008 com os vereadores Tito Zeglin (PDT), na primeira vice- presidência; Aldemir Manfron (PP), como  segundo vice, e  Celso Torquato (PSDB), primeiro secretário. As demais secretarias serão ocupadas, respectivamente, pelos vereadores Sérgio Ribeiro (PV), Sabino Picolo (PFL) e Pastor Gilso (PL). A chapa foi denominada "Integração".

Aberta, tranqüila e com votação nominal e pública, a eleição da nova Mesa teve 35 votos favoráveis e apenas a abstenção da bancada do PT, liderada pela vereadora Roseli Isidoro (PT). Embora não participando da Mesa, o partido recebeu o compromisso de Derosso para compor os debates da comissão especial que deverá promover, a partir do ano que vem,  a revisão do Regimento Interno do Legislativo e da Lei Orgânica Municipal, a LOM. "Permanece  no campo de propostas a transparência da atuação legislativa, na manutenção da fiscalização e legislação municipal, como tem ocorrido até aqui", destacou o presidente reeleito, ao fazer seu agradecimento pelo apoio democrático recebido.

Também agradeceu ao primeiro vice-presidente, Jair Cézar (PTB), a quem coube conduzir sessões plenárias ordinárias, extraordinárias e solenes. A lealdade e o pulso firme foram fundamentais na postura do vereador para coordenar os trabalhos, segundo Derosso, que ainda fez agradecimentos a todos os demais parlamentares componentes  da Mesa  e das bancadas, incluindo o apoio articulador do líder do prefeito,  Mario Celso Cunha (PSDB).

Troca

A atual Mesa, que se despede dos trabalhos legislativos em 31 de dezembro, é composta pelos  vereadores  Jair Cézar e Ney Leprevost (PP), nos cargos de primeiro e vice presidentes. Nas secretarias, de primeira à quarta, Fábio Camargo (PFL), Reinhold Stephanes Júnior (PMDB), Jairo Marcelino  (PDT) e Julieta Reis (PSB).  Leprevost, Camargo e Stephanes Júnior,  que foram eleitos para a Assembléia Legislativa, serão substituídos, em janeiro, pelos suplentes, Luiz Carlos Déa, o Mestre Déa (PP), Elias Vidal (PDT) e Pedro Paulo (PT).

O primeiro vice eleito, Tito Zeglin, já integrou a Mesa em outras oportunidades: como  primeiro secretário, de 86 a 88; primeiro vice, de 89 a 90, e segundo secretário, de 99 a 2000. Aldemir Manfron também participou de outras mesas.  Celso Torquato (PSDB) já ocupou todas as secretarias, com exceção da primeira, a partir do ano que vem. Também Sabino Picolo esteve anteriormente na Mesa da Câmara. Os demais são os novos Sérgio Ribeiro e Pastor Gilso.