O depoimento de Luiz Antônio Vedoin vai fazer com que a lista de parlamentares investigados pela Comissão Parlamentar Mista de Inquérito dos Sanguessugas aumente. A afirmação é do vice-presidente da comissão, deputado Raul Jungmann (PSB-PE).Segundo ele, mais dois deputados foram citados e, a cada hora de depoimento surgem indícios mais concretos e testemunhas de pagamentos em dinheiro feitos a parlamentares. ?Há um caso com três ou quatro testemunhas?.

Para o deputado, o depoimento vai agravar ainda mais a situação dos senadores investigados pela CPI. ?Sem sombra de dúvida a situação dos senadores foi aqui agravada por observações do depoente?.

Jungmann disse também que o depoimento mostrou a necessidade de aprofundar as investigações do Banco do Nordeste. Segundo ele houve negociação para superfaturamento de uma obra na Bahia, que no entanto não foi concluída. ?Uma obra que deveria custar R$ 16 milhões, segundo relato de Vedoin, passaria a custar R$ 18 milhões. Alguém deveria se apropriar do que esta sendo colocado?.

Vedoin presta depoimento desde 9 horas de hoje na Polícia Federal. Ele é sócio da Planam, empresa acusada de liderar o esquema de venda superfaturada de ambulâncias a prefeituras, com recursos de emendas ao Orçamento.