Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, foi chamado pela Policia Federal para explicar a origem dos R$ 320 mil que foram enviados para a campanha eleitoral do PT no Maranhão. Delúbio ficou na PF, no bairro da Lapa, por cerca de 1 hora, entrando pela porta dos funcionários e saiu escoltado pela PF, sem falar com ninguém.