O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil calculado pelo Sinduscon-PR (Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Paraná) foi reajustado em 0,40% no mês de novembro. O percentual é menor do que a inflação medida pelo IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado), da Fundação Getúlio Vargas, que foi de 0,49%.

 A alta do CUB-PR reflete o reajuste médio de 0,22% nos preços dos materiais e de 0,56% nos custos da mão-de-obra e encargos da construção civil no mês de novembro.

No período compreendido entre janeiro a novembro, o índice acumulado do CUB-PR atinge 14,91%. A mão-de-obra teve variação de 19,58% e os materiais 9,73%. Nos últimos doze meses, o custo da construção aumentou 16,72%, ficando acima da inflação (IGP-M) que atingiu 12,09%. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)