O enteado de José Aureliano da Silva, 36 anos, é o principal suspeito de atirar contra ele, na noite dessa quarta-feira (07), na Cidade Industrial. O motivo seria uma vingança, porque ele teria batido no rapaz, de aproximadamente 20 anos, e na esposa. José caiu morto no meio da rua.

Segundo testemunhas, José costumava agredir a esposa e o enteado, e era alcoólatra. Por volta das 18h de ontem, ele saiu de casa, na Rua Luiz Atílio de Macedo, na Vila Verde, e foi encontrado pelo enteado, que estava em um carro branco.

José foi baleado e morreu antes mesmo da chegada dos socorristas. A mãe dele demonstrava estar muito abalada, sentada em uma cadeira próxima ao corpo.

“Pode ser que a motivação seja a violência doméstica. Se for confirmada a autoria, a investigação será encaminhada para o distrito da área”, afirmou a delegada Ana Cláudia Machado, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Familiares relataram que José tinha uma filha de colo, que completava um ano nessa quarta-feira. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Paraná Online no Facebook