Um feminicídio e um assassinato cometido a facadas marcou a noite sexta-feira (11) no bairro Costeira, em Araucária, Região Metropolitana de Curitiba. Um homem de 39 anos invadiu a casa da ex-mulher, na Rua Dr. Alceu da Silva Oliveira, e a esfaqueou. Depois, ele partiu para cima da sogra e também a atingiu com a faca. As duas mulheres morreram com o ataque. O sogro dele, que estava em casa, foi vítima das agressões, mas sobreviveu.

A ação ocorreu por volta das 21h30. A Polícia Militar (PM) e o Siate foram acionados para atender a ocorrência. O homem foi preso com sinais de embriaguez.

Segundo informações, o suspeito teria sido expulso de casa dias antes do ataque, o que pode ter sido o estopim para os crimes. Segundo a PM, as equipes foram deslocadas para atendimento após uma denúncia de que vários gritos, vindos de dentro da residência, estavam sendo ouvidos por vizinhos. Ainda de acordo com a polícia, quando as equipes chegaram o agressor estava dentro da casa, sentado, e mexendo no celular. As duas mulheres estavam no chão, próximas a ele.

A faca foi encontrada junto aos corpos. O suspeito, com sinais de embriaguez, teria dito que não sabia o que estava ocorrendo. O sogro, de 75 anos, conseguiu fugir, mesmo com graves ferimentos no peito. Ao avistar a PM, ele se aproximou e contou o que o genro tinha feito.

A PM deu voz de prisão ao genro. O sogro foi socorrido pelo Siate e encaminhado ao Hospital do Trabalhador, em Curitiba. Não há informações se havia mais pessoas na residência no momento das agressões. Os corpos das mulheres, de 43 e 64 anos, foram recolhidos ao Instituto Médico Legal (IML).