Suspeito de matar a amante com pedradas na cabeça, Marcos Antônio Batista (foto), 29 anos, foi preso por investigadores da delegacia de Campo Largo. A vendedora Alessandra Seguro, 23, foi encontrada morta numa chácara, na localidade de Rodeio Santo Antônio, em Balsa Nova, no início de junho, após permanecer um mês desaparecida. Segundo a polícia, o suspeito ameaçava testemunhas e teve seu mandado de prisão decretado.

O superintendente Juscelino Bayer contou que as ameaças atrapalharam as investigações. “Marcos foi visto com a vítima antes do desaparecimento e vinha intimidando as testemunhas para que não contassem à polícia. Por pouco não prendemos um rapaz, que era aterrorizado por Marcos e inventou várias versões para não entregá-lo”, explicou.

Revelação

Cerca de 10 pessoas foram ouvidas na delegacia e os depoimentos convenceram a polícia a solicitar o mandado de prisão preventiva do suspeito. “A vítima ameaçava revelar o caso amoroso à mulher de Marcos, o que teria motivado o crime”, contou o investigador Gogola. Marcos confessou que manteve o relacionamento extraconjugal com Alessandra, mas negou ter matado a mulher.