enkontra.com
Fechar busca

Curitiba e Região

Futebol

Suburbana é responsável por revelar vários craques

Muitos jogadores começaram suas carreiras em clubes amadores do torneio

  • Por Levi Mulford

Reconhecida pela própria CBF, Curitiba tem o futebol amador mais organizado do País. Além da organização dos clubes, boa parte dos campeonatos é disputada em ótimos estádios, em sua maioria com iluminação para jogos noturnos. Ainda recentemente, mais quatro clubes inauguraram novos holofotes: Novo Mundo, Uberlândia, Pilarzinho e Grêmio Ipiranga.

 Muitos jogadores começaram suas carreiras em clubes amadores da suburbana curitibana, despontando mais tarde não só em times profissionais de Curitiba como também no interior do Paraná, do Brasil e até no estrangeiro.

Quem não lembra dos seguintes goleiros: Joel Mendes, revelação do Trieste, que depois passou por Coritiba e Colorado. Emerson Andrade, o Paulista, que saiu do Operário do Ahú para o Ferroviário e a seleção paranaense.

Outro destaque foi Arlindo, revelação do Bangu da Campina do Siqueira e que atuou no Grêmio de Porto Alegre, onde conquistou cinco títulos. Teve ainda Altevir Salles, que começou no Operário Mercês e atuou no Atlético, sagrando-se como o detentor do recorde sem tomar gols.

Fedato começou jogando pelo amador do Bloco Morgenau, onde foi campeão de 1946, e depois tornou-se o maior zagueiro do Paraná defendendo o Coritiba. Idem para Nico (Nivaldir Toaldo) que saiu do Trieste para o Água Verde e também atuou no Coritiba. Dirceu Krüger deixou o União Ahú e foi para o Coritiba, assim como Dirceuzinho, que saiu do Tingui para o Coxa e outros times pelo mundo afora..

Até Cuca, atualmente técnico do Atlético-MG, saiu do Iguaçu para o Grêmio. Dida, campeão brasileiro pelo Coritiba, antes atuou pelo Capão da Imbuía. Édison Borges, auxiliar técnico do Coxa, começou no Combate Barreirinha, assim como o zagueiro Gralak, que antes de brilhar no Paraná Clube jogou pelo Vila Fani.

Se desse para escolher uma seleção, entre tantos nomes, ela teria essa formação: Joel Mendes; Odirlei, Fedato, Zaneti e Dida ; Zanon, Cartola e Lalo; Babi, Krüger e Dirceuzinho.

Arquivo
Torneios tinham até desfile pelas ruas da cidade.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas