Dois suspeitos de ter participado de um latrocínio, registrado em Mandirituba no dia 23, foram presos por investigadores da delegacia de Fazenda Rio Grande. Leandro Vicente de Lima, 20 anos, e Pedro Adir de Lima, 30, foram encontrados em Quitandinha e com eles foi apreendido um revólver calibre 38 e acessórios para fabricação caseira de armas e munições.

O crime aconteceu no Pesque-Pague Santo Antônio, no quilometro 130 da BR-116, quando seis homens armados invadiram o local e mandaram todos deitarem no chão.

Em seguida, atiraram nas costas do dono do estabelecimento, José Carlos Coloski. Ele foi socorrido pelos colegas mas morreu antes de chegar no hospital. “As vítimas reconheceram os dois e disseram que o Leandro foi quem atirou”, afirmou o superintendente Gerson.

Outros

Pedro disse que é dono da arma apreendida, e que a mantinha em casa para se defender dos inimigos. “Há dois anos invadiram minha casa e me deram três tiros”, justificou. A polícia trabalha para chegar até os outros quatro indivíduos que participaram do crime.