Diogo Pereira de Oliveira, 26 anos, foi assassinado na tarde deste domingo (16) em frente à uma casa na rua dos Girassóis no Jardim Boa Vista em Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba. De acordo com familiares da vítima, o matador não era conhecido, mas pode ter ligação com o fato de Diogo ser usuário de drogas.

O atirador, antes de assassinar Diogo, pediu que ele soltasse a criança que carregava no colo. Apesar desse gesto de bondade, o algoz não teve a mesma compaixão de seu alvo e o matou na frente de amigos, com quem bebia.

Testemunhas afirmaram que o assassino chegou ao local em um automóvel prata, desceu do veículo e não cumprimentou ninguém. O corpo de Diogo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) da capital e o caso é investigado pela delegacia do município.