Uma perseguição a dois suspeitos terminou com a morte de um dos homens após um confronto com a polícia. A situação iniciada por volta das 16h dedomingo(14), que teria começado com o atendimento a um caso de ameaça em uma residência, no Novo Mundo, teve seu desfecho na Rua Francisco Derosso, no Xaxim, cerca de meia hora depois.

“Um solicitante informou via 190, que estava sendo ameaçado por dois homens armados, que estavam em um Gol branco. Uma viatura do 13º Batalhão da PM foi acionada para atender a ocorrência e ao avistar o veículo, foi atingida por disparos e revidou. Na sequência outra viatura, da Rone, seguiu em busca do Gol e ao interceptá-lo, na Rua Francisco Derosso, também foi alvejada pelo suspeito, que entrou em óbito no local após a troca de tiros. O outro ocupante do carro não foi localizado e deveterfugido durante a perseguição. Policiais patrulham a região para encontrá-lo”, explicou o tenente Hoiser.

O homem morto na troca de tiros, que teria entre 25 e 30 anos, não havia sido identificado até o início da noite dedomingo. Seu corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal de Curitiba. Nenhum policial se feriu no enfrentamento.

Traseira ficou com várias marcas de tiros.

Peneirado

No Gol de placas CPG 9416, da cidade catarinense de Gaspar, a polícia encontrou um revólver calibre 38. Na traseira do carro era possível observar os sinais do confronto, pelas marcas de mais de 15 tiros na lataria.

Peritos da Polícia Civil e oficiais da Corregedoria da Polícia Militar estiveram no local para realizar a perícia e a coletar de materiais e informações que serão utilizados durante as investigações.

Briga de Família

No local, supostos familiares do suspeito morto afirmaram que ele teria se envolvido em uma briga com a ex-mulher e seu novo companheiro, na tarde dedomingo. No entanto, segundo sua cunhada, que não quis se identificar, ele não estaria armado e não possuía nenhum tipo de armamento, não tendo ligações com atividades criminosas.